Há 20 anos no mercado de Brasília, já preparou cerca de 4000 novos hobbystas avançados, proffisionais e estudantes de áreas afins, lançando novos talentos e especializando aqueles que já atuam na área.

Sempre fundamentada no propósito de que, além de poderoso combustível de memória, importante meio de comunicação social ou lucrativa ferramenta de trabalho, a fotografia também deve ser considerada uma possibilidade artística, constituindo-se como um meio de expressão crítica de seu autor.

Desta forma, enquanto muitos se preocupam em facilitar a técnica, a Quarto Eclipse também o faz, mas não se esquece de enfatizar a linguagem, a estética e a sensibilidade. Por fim, encara a fotografia como atividade lúdica, prazerosa, voltada para o apuramento do olhar.

Desde sempre, aulas teóricas são mescladas a práticas, realizadas em passeios ecológicos. Parque da Cidade,Chapada dos Veadeiros, Chapada Imperial, Rio Araguaia, Pirenópolis, Terra Ronca, são lugares de incontestável beleza freqüentemente visitados em expedições e agora estamos iniciando um ousado projeto com safaris internacionais a Machu Pichu, Glaciares chilenos, Deserto do Atacama, outros locais da America do Sul; e também Índia, Nepal e outros países de riqueza mística, arquitetural, folclórica ou paisagística. Nelas a fotografia é a tônica, mas o saudável contato com a natureza, o lazer, o convívio humano e a qualidade de vida também são valorizados.